Food Manufacturing

A QIMA/WQS oferece uma gama de certificações e auditorias para ajudar as empresas a cumprir com a segurança e a qualidade dos alimentos.

O Bureau of Labor Statistics dos Estados Unidos define a fabricação de alimentos como indústrias que transformam animais e produtos agrícolas em produtos para consumo imediato ou final. O elemento chave da definição BLS (Basic Life Support) é transformar esses alimentos autênticos em outros alimentos usando equipamentos, receitas e técnicas de produção de alimentos, tais como panificação, fermentação ou processos químicos.

Ter um plano robusto de segurança de alimentos não apenas estabelece operações diárias bem-sucedidas, mas também aumenta a confiança e a transparência de sua empresa entre seus consumidores. 

Ineficiências na segurança dos alimentos durante a  fabricação podem ter danos prejudiciais não só financeiramente, mas também eticamente. Alguns deles podem ser: o alto custo de um recall, a renovação dos processos/gerenciamento atuais, a crise de RP e o impacto mais crítico na vida humana.

Processamento de Produtos de Origem Animal

A QIMA/WQS oferece uma série de certificações e auditorias para ajudar as empresas a garantir a segurança dos alimentos, a qualidade e a assumir as questões sociais, como o bem-estar animal. A indústria de processamento animal evoluiu para uma indústria grande, corporativa e automatizada, que utiliza o animal por inteiro de alguma forma.

Produtos não-perecíveis  e Soluções para Shelf life

Os produtos alimentícios não-perecíveis são considerados aqueles que não requerem uma temperatura ou condições atmosféricas específicas se tiverem a embalagem certa. Segundo o USDA, estes produtos não perecíveis incluem carne seca, presuntos, alimentos enlatados e engarrafados, arroz, massas, farinha, açúcar, especiarias, óleos e alimentos processados em embalagens assépticas ou retorcidas e outros produtos que não requerem refrigeração até depois de abertos. Nem todos os produtos enlatados são estáveis na prateleira. Alguns alimentos enlatados, tais como presunto enlatado e frutos do mar, não são seguros à temperatura ambiente. Estes serão rotulados como “Manter refrigerado”

Através de nossas soluções, você pode atender aos requisitos regulamentares e de clientes quando se trata de análise de risco e programas de segurança dos alimentos para mitigar quaisquer ameaças.

Baseado em plantas

Nos últimos dois anos, houve um aumento na demanda por produtos de base vegetal devido a diferentes fatores. Os novos dados de vendas no varejo SPINS divulgados em 3 de março de 2020, mostram que as vendas de alimentos de origem vegetal que substituem diretamente os produtos de origem animal cresceram 29% nos últimos dois anos para US$ 5 bilhões. As vendas de carne refrigerada à base de plantas aumentaram 63%, e a carne à base de plantas agora responde por 2% das vendas a varejo de carne embalada. De acordo com o Relatório sobre Alimentos e Saúde da Fundação International Food Information Council (IFIC) 2020, houve uma mudança significativa nos hábitos alimentares dos consumidores:

As principais descobertas incluíram:

  • Aproximadamente 70% dos consumidores consideram as proteínas de fontes vegetais mais saudáveis;
  • 28% dos consumidores consomem mais proteína de origem vegetal, 24% consomem mais laticínios de origem vegetal, e 17% consomem mais alternativas de carne de origem vegetal;
  • Mais de quatro em cada dez consumidores assumem que um produto descrito como "baseado em plantas" seria mais saudável do que um que não seja.

Fabricação e segurança dos alimentos

Ter um plano robusto de segurança de alimentos não apenas estabelece operações diárias bem-sucedidas, mas também aumenta a confiança e a transparência de sua empresa entre seus consumidores. 

As ineficiências na segurança alimentar na fabricação de alimentos podem ter danos prejudiciais não apenas financeiramente, mas em todos os aspectos do negócio. Para citar alguns: o alto custo de um recall, a reformulação dos processos/gerenciamento atuais, lidar com a crise de RP, e o mais crítico, o impacto sobre a vida humana. 

Segundo a Food Safety Magazine, o custo médio de um recall para uma empresa de alimentos é de cerca de 410 milhões de custos indiretos, além dos danos causados à marca e das vendas perdidas. Infelizmente, isto não termina aí; a confiança não só se perde, mas é difícil de construir novamente. Cerca de 21% dos consumidores dizem que nunca comprariam de uma marca que tenha tido um recall.

Soluções QIMA/WQS para a fabricação de alimentos:

1. Certificações para protocolos Reconhecidos Internacionalmente:

  • BRCGS Food
  • SQF Quality Program 
  • SQF Food Safety Fundamentals 
  • SQF Manufacturing Code 
  • Primus Standard (GMP)
  • PrimusGFS (GMP)
  • GLOBALG.A.P. (poultry, CFM) 
  • Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle(APPCC/HACCP) 
  • IFS Food  
  • Global Markets

2. Protocolos de certificação de alimentos:

  • UTZ
  • 4C

3. Certificação Bem-estar animal

4. Certificação Cage Free  

5. Certificação livre de antibióticos

6. Inspeções de qualidade

7. Auditorias QIMA:

  • Auditorias de higiene alimentar (GHP)   
  • Auditorias de boas práticas de fabricação (BPF)

Por que escolher o QIMA/WQS para certificação e auditorias de processamento de produtos de origem animal?

  • Uma equipe com mais de 30 anos de experiência na cadeia de suprimentos da indústria alimentícia, pronta para entregar soluções de ponta a ponta para o seu negócio.
  • Especializada na área de alimentos, com estrutura projetada para facilitar e agilizar o complexo processo de certificação e apoiá-lo em cada etapa do processo.
  • Auditores locais experientes de alimentos aprovados para vários programas, especializados em todas as áreas de qualidade e segurança dos alimentos.
  • Mais de 9.000 clientes satisfeitos em todas as fases da cadeia de fornecimento dos alimentos.